CAU TO

 ___

 

Status: concurso de projeto

Ano: 2018

Autores: Atelier Becker + Brune 

              Arquitetura + Tomo Arquitetura

              + Vitor Hugo

Localização: Palmas - TO


___

 

Proposta entre as 10 finalistas do concurso de projeto.

O edifício parte da relação cidade-edifício. A volumetria mantém áreas abertas de praça que trazem o espaço público do passeio até o fim do lote. No térreo, o edifício é composto por dois módulos retangulares dispostos no sentido longitudinal do terreno. Entre eles há um pátio que permite a integração dos espaços, tanto pelo uso do mesmo revestimento de piso nas áreas interna e externa, quanto pela liberdade de expansão do programa para a área externa, como em eventos, exposições e confraternizações. O desenho de piso proposto se baseia em padrões de peças dos Karajás, grupo indígena do estado do Tocantins.

 

No pavimento térreo contempla as áreas de acesso ao público, no módulo esquerdo com área de atendimento com espera; espaço multiuso e área de apresentação; como também depósito para materiais de limpeza e uma copa que dará suporte a eventos. No módulo direito, estão o coworking; uma sala de reuniões com acesso independente, sanitários, além do elevador. A acessibilidade é garantida através da linearidade dos fluxos, banheiro adaptado e acesso ao pavimento superior por meio de elevador. A transparência dos volumes em vidro permite a observação das atividades internas desde a cidade.

 

As atividades do núcleo administrativo do conselho se distribuem no pavimento superior, composto por dois módulos retangulares, estes, perpendiculares aos do térreo, e conectados por uma passarela coberta e, entre eles, terraços com vegetação. Dessa forma, as fachadas dos ambientes de escritório orientam-se para norte e sul, faces com menor incidência solar. No módulo que compõe a fachada estão o núcleo corporativo e no módulo posterior, encontram-se o gabinete da presidência, hall integrado a copa e vestiários.

 

Para a região de clima quente e úmido, a estratégia escolhida para melhor desempenho térmico da edificação é a construção leve e com abundante ventilação natural. A volumetria foi concebida para que os ventos dominantes permeiam o edifício, possibilitando uma ventilação cruzada, o que assegura a redução da temperatura, contribuindo no conforto térmico e na economia de energia elétrica. As grandes aberturas nos módulos superiores são orientadas para norte e sul para menor exposição direta ao sol e possuem brises por painel têxtil, que garantem proteção contra a incidência direta dos raios solares de acordo com a inclinação solar da região em todas as estações e horários, além de possibilitar iluminação natural a todos os ambientes. As áreas de cobertura com terraço jardim reduzem a transmissão térmica para o ambiente interno além de coletar água pluvial para reuso.

 

A proposta construtiva estrutura-se em concreto, com laje nervurada para permitir os vãos das áreas abertas, e fechamentos em alvenaria convencional que podem ser executados por mão de obra local. Área total construída de 450,03m².

 

Mostrar Mais

av. rep. argentina 1336 sl1403 | Curitiba